Juara

05/01/2017 16:09 Radio Tucunaré

Polícia Judiciária Civil instaurou mais de 500 inquéritos investigativos em Juara

O Delegado Carlos Henrique Engelmann fez uma avaliação dos trabalhos e ações da Policia Civil no ano 2016 e falou que para 2017 estará intensificando o combate ás drogas.

Em reportagem a Rádio Tucunaré, o Delegado relatou que, 2016 foi um ano excelente, teve a vinda de novos policiais para Juara, alguns deixaram a nossa cidade e foram transferidos para outras cidades, mas no saldo, houve um balanço positivo.

Segundo o Delegado Carlos Henrique Engelman, em 2010 e 2011, havia um delegado por mês em sistema de rodízio, a partir de 2011 quando assumiu, já ficou um delegado permanente. Naquela época, havia apenas um escrivão e quatro investigadores, hoje a delegacia de Polícia Civil de Juara, se encontra com cinco escrivães e 20 investigadores, é um quadro de servidores bastante melhorado de 2011 pra cá. Isso se deve não só a implementação da política que está voltada para a segurança pública, mas também, a uma série de fatores, inclusive a construção da delegacia, que veio de encontro com essa situação, antigamente não tinha sala para ter seis escrivães, e hoje já tem.

Em 2011 a Polícia Civil tinha uma apuração em cerca de 200 à 220 inquéritos policiais durante o ano, em 2016 o fechamento foi de 500 inquérito policiais. Além de um aumento de 100% nas prisões em flagrante.

Segundo o Delegado, apesar de Juara ter um grande número de ocorrência, devido à politica de tolerância zero em qualquer espécie de ocorrência, onde qualquer briga de vizinho, a polícia intervém, Juara é trabalhosa, mas é tranquila. Os jovens ainda podem andar durante a noite pela a cidade sem o medo de serem atacados.

Comparados com cidades circunvizinhas, Juara é um oásis na segurança pública, é claro que uma vez ou outra, acontecem casos pontuais, como em qualquer corrutela, homicídio acontece em todos os rincões do Brasil, assim como, o trafico de drogas e pequenos e grandes furtos, mas, conforme as estatísticas, estamos muito bem avaliados, em Juara houve um número reduzidíssimo de roubo que é a prática de subtração de coisas com o emprego de violência e grave ameaça a pessoa, não chegou a dar cinco durante o ano e esses casos foram todos resolvidos. Estupros com violência real, não houve nenhuma notícia durante o ano em Juara, houve apenas um caso há pouco tempo, mas foi verificado pela a polícia e foi uma mentira fantasiosa da vítima, que estava contando uma história parecida para chamar atenção.

O Delegado Carlos Henrique Engelmann, em 2017 potencializará o combate às drogas, porque por trás de um tráfico de drogas, acontecem a prática de vários outros atos ilícitos. Cocaína, Maconha, Craque, LSD e outras drogas sintéticas, há uma política pessoal de combate, a polícia se vale de todas as fontes de informações para desenvolver as ações.

A principal droga que mais causa abalo à segurança pública e trabalho para a polícia, é o consumo exagerado de álcool, onde a maior parte da violência familiar e acidentes de trânsito acontecem em decorrência ao álcool. Há uma cobrança e um combate dessas drogas parcialmente ou momentaneamente permitidas.

O delegado roga, para que toda a população quando tomar o conhecimento de uma situação de tráfico e uso de drogas, que usem o telefone 197, que é de graça, para comunicar a polícia, o denunciante não será identificado e passe com clareza que o policial receba todas as informações possíveis. Essas informações são sempre filtradas e muitas das vezes é a mola propulsora na solução de um grande crime.


Rádio Tucunaré

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Cadernos

Sobre

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo