Juara

14/07/2017 09:23 Rádio Tucunaré

Usina Hidrelétrica Central Geradora de Energia inicia obras de construção em Juara (fotos)

Localizada a cerca de 120 km da sede do município de Juara a Central Geradora de Energia iniciou suas obras há 20 dias e esta a todo vapor, a expectativa é para que seja inaugurada no final do ano de 2018.

A reportagem da Rádio Tucunaré e Acesse Noticias esteve in loco no canteiro de obras da usina para registrar este momento histórico para o município, é a primeira de outras que deverão ser construídas em Juara.

A Usina esta sendo construída na Fazenda Modelo na rodovia que liga Juara a Juruena no rio Apiacázinho, no momento já iniciaram o canteiro de obras, construindo o alojamento onde deverá abrigar mais de 120 trabalhadores diretos na obra, estão sendo feitas as escavações para as turbinas de casa de foça, o desmate de aproximadamente 80 hectares de cerrado para o represamento do lago, bem como a construção da barragem.

A princípio a obra esta com poucos trabalhadores, oriundo de São Paulo e Paraná, mas a empreiteira deverá fazer mais contratações de pessoas de Juara e região, um escritório esta instalado no Distrito de Paranorte, sendo que quando terminar a construção do alojamento essas pessoas poderão ser contratadas, no momento as refeições e acomodações estão sendo realizadas na sede da Fazenda Modelo.

A expectativa é muito grande com a geração de emprego e renda para a cidade, uma vez que o país se encontra em crise e os municípios estão com dificuldades financeiras, essa obra vai dar um ânimo no comercio Juarense.

As Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) são usinas hidrelétricas de tamanho e potência relativamente reduzidos, conforme classificação feita pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 1997. Esses empreendimentos têm, obrigatoriamente, entre 5 e 30 megawatts (MW) de potência e devem ter menos de 13 km² de área de reservatório. 

A exemplo das Pequenas Centrais Hidrelétricas, as Centrais Geradoras Hidrelétricas (CGHs) também são geradoras de energia que utilizam o potencial hidrelétrico para sua produção. A diferença é que as CGHs são ainda menores, tanto em termos de tamanho quanto de potência. De acordo com a classificação da  Agência Nacional de Energia Elétrica, esses empreendimentos podem ter o potencial de gerar até 3 MW de energia, mas uma nova resolução da agência a potência poderá ser elevada para 5 MW.

 


Rádio Tucunaré

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Cadernos

Sobre

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo