Mundo

08/07/2016 00:00

Estado Islâmico queima vivos desertores no Iraque

Terroristas do EI (Estado Islâmico) executaram vários membros do grupo que desertaram durante um combate no Iraque.

"Os representantes dos terroristas queimaram vivos sete companheiros que fugiram de um combate na região da cidade de Fallujah", informou o canal de televisão Fox, citando testemunhas.

Segundo a informação, os desertores foram amarrados e levados para uma caldeira com água fervendo.

Estado Islâmico usa aplicativo para vender escravas sexuais

O canal de televisão disse, ainda, que os comandantes do Estado Islâmico mataram 19 pessoas que se negaram a participar de um combate no centro da cidade.

Fallujah, localizada na província iraquiana de Anbar, a cerca de 65 km de Bagdá, foi ocupada por terroristas do EI no início de 2014 e está sendo usada por eles para lançar ataques contra a capital iraquiana.

Analistas da Organização das Nações Unidas disseram que os habitantes podem voltar à cidade só em agosto porque muitos bairros estão cheios de minas.

O Estado Islâmico divulgou imagens de mais uma medida bárbara tomada contra um homem que não faz parte do grupo: ele teve seus pés e mãos amputados. Os militantes extremistas afirmaram, nas redes sociais, que a vítima era um 'ladrão de estrada'.

A divulgação dessas imagens ocorreu apenas um dia depois de o grupo terrorista ter compartilhado fotos de quatro homens sendo apedrejados por adultério. As informações são do portal de notícias britânico Daily Mail


Rádio Tucunaré

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Cadernos

Sobre

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo