Atualização de estoque ao INDEA revela Diminuição da quantidade de Bovinos em Juara

A campanha de atualização de estoque de animais realizada pelo INDEA em Juara, Mato Grosso, encerrou-se com diminuição da quantidade de gado.

Os motivos dessa diminuição pode encontrar explicação na entrada da lavoura.

Em entrevista à Rádio Tucunaré, o chefe da unidade regional do INDEA, Márcio Rogério Dreher, compartilhou informações sobre este processo.

Dreher ressaltou a necessidade de prorrogar o prazo para a comunicação de estoque devido ao costume de muitos produtores de deixarem para a última hora. Essa prorrogação foi crucial para atingir quase 100% das comunicações de estoque na região. Ele enfatizou a importância de cumprir os prazos estabelecidos, destacando que o serviço veterinário oficial também depende dessas atualizações para funcionar adequadamente.

Sobre a situação atual do rebanho na cidade, Dreher explicou que, embora a vacinação tenha sido descontinuada, o compromisso dos produtores com a atualização semestral do estoque de animais permanece. Ele mencionou que houve uma diminuição no número de animais, exemplificando com dados comparativos: em novembro de 2022, o município de Juara comunicou um total de um 1.000.100 cabeças de gado, enquanto o número atual é de 963.954 cabeças.

A prorrogação do prazo em maio foi atribuída a problemas no sistema, mas Dreher afirmou que em novembro o sistema operou quase perfeitamente. Ele aconselhou os produtores a não deixarem para a última hora a comunicação do estoque, para evitar filas e atrasos.

Por fim, Dreher lembrou aos ouvintes sobre a continuidade da vacinação contra brucelose, que se estende até 31 de dezembro. Ele destacou a importância de vacinar as fêmeas entre 3 e 8 meses de idade e marcar a vacinação no lado esquerdo do animal, com o último algarismo do ano, que é “3” para 2023.

A comunicação do atestado de vacinação pode ser realizada até o segundo dia útil de janeiro.

A campanha, que contou com uma prorrogação de prazo, teve como objetivo principal manter as informações sobre o rebanho da região atualizadas, essenciais para a gestão efetiva da saúde animal e para o planejamento estratégico do setor agropecuário.

Dreher reforçou que, apesar de não haver previsão de novas prorrogações de prazo, é essencial que os produtores se organizem para evitar atrasos.

Além disso, o chefe do INDEA lembrou que a vacinação de brucelose, uma doença que afeta tanto animais quanto humanos, continua sendo de extrema importância.

A campanha de vacinação exige que as fêmeas de gado entre 3 e 8 meses sejam imunizadas e devidamente marcadas, uma medida preventiva crucial para a saúde pública e a sanidade do rebanho.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.