Indígena ex morador da Aldeia Mairob de Juara foi atacado por onça mas consegue sobreviver após luta

Imagen: tv nativa

Em um episódio surpreendente e aterrador, Erivaldo Morimã, indígena da etnia Kayabi e ex-candidato a vereador por Juara, enfrentou e sobreviveu a um ataque de onça na região de Nova Bandeirantes, em Mato Grosso. O evento trouxe preocupações para a comunidade da etnia Apiaká, que vive às margens do Rio Juruena há mais de sete anos.

No domingo, dia 14, por volta da tarde, Morimã, 54 anos, retornava à Aldeia Matrinchã de um ponto de apoio, quando decidiu voltar para buscar algo, bem como para acompanhar dois jovens irmãos, seus primos. Foi nesse momento que o ataque ocorreu. “Ele realmente brigou com a onça ou seria morto. Ele ficou com muitos ferimentos”, relatou o cacique Robertinho Morimã, que observou o local do ataque.

Após ser atacado, Erivaldo gritou por socorro, o que alertou seus jovens primos que correram em sua ajuda. “A onça iria atacar os dois irmãos, mas Erivaldo veio antes e foi atacado no meio do caminho. Felizmente, eles estavam próximos e ouviram seus gritos”, detalhou o cacique.

Após o incidente, Morimã foi encaminhado para o Hospital Regional de Alta Floresta, onde permaneceu por dois dias. Agora, ele segue sua recuperação em casa.

O local do ataque fica no coração da Floresta Amazônica, às margens do Rio Juruena, entre Nova Bandeirantes e Apiacás. Próximo ao local, existe também uma pousada. O cacique, alarmado com o ocorrido, concluiu: “Nunca havia ocorrido algo assim. Estamos orientando a comunidade para ter mais cuidado”.

Fonte: Radio tucunaré e Acesse Noticias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.