Saúde Animal: Veterinária do INDEA Explica Diferenças e Vantagens das Vacinas B19 e RB51 contra Brucelose

A Rádio Tucunaré entrevistou Ana Luísa, médica veterinária do INDEA de Juara, para discutir a situação atual da vacinação contra a brucelose no município. A entrevista abordou prazos, dificuldades de abastecimento e diferenças entre as vacinas disponíveis.

Ana Luísa esclareceu que a vacinação contra a brucelose pode ser realizada até junho, incluindo a comunicação obrigatória. “Estamos enfrentando dificuldades de desabastecimento da vacina de brucelose, não apenas em Juara, mas em todo o estado do Mato Grosso. O INDEA está em diálogo com o Ministério da Agricultura para melhorar o abastecimento”, explicou.

Existem duas vacinas no mercado: a B19 e a RB51. A vacina B19 é aplicada em fêmeas entre 3 e 8 meses de idade e requer uma marcação com o último número do ano no lado esquerdo da face do animal. Por exemplo, em 2024, a marcação será o número 4. A vacina RB51, por outro lado, é marcada com um “V” no mesmo local e pode ser usada em fêmeas de qualquer idade acima de três meses. Esta vacina, apesar de ser mais cara, não resulta em desperdício de doses, pois as doses restantes podem ser usadas em vacas adultas para reforçar a imunidade e prevenir perdas reprodutivas.

Ana Luísa está otimista, apesar dos desafios. “Mesmo com o problema de desabastecimento, estamos em contato constante com as lojas de Juara e com a central do INDEA em Cuiabá para manter um estoque razoável de vacinas. A RB51 está mais disponível e é uma boa opção, pois pode ser utilizada em vacas mais velhas, reforçando a imunidade contra a brucelose.”

A brucelose é uma realidade preocupante no Mato Grosso e em Juara, com casos confirmados tanto em rebanhos quanto em humanos. A vacinação é uma medida crucial para controlar a doença e proteger a saúde pública. “Precisamos cuidar dos nossos rebanhos e também da nossa comunidade. Utilizar a vacina RB51 em fêmeas mais velhas ajuda a reforçar a imunidade e prevenir a doença”, concluiu Ana Luísa.

A Rádio Tucunaré agradece a participação de Ana Luísa e reforça a importância de todos os produtores manterem suas vacinas em dia, contribuindo para a saúde e segurança de todos.

 

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.