Decreto Municipal estabelece situação de emergência por causa das fortes chuvas em Juara

Diretoria de imprensa de Juara

Em virtude das fortes chuvas que ocorreram nos últimos dias e destruíram estradas, bueiros e pontes na zona rural do no município de Juara região noroeste de Mato Grosso, no Vale do Arinos, o governo do Estado de Mato Grosso através da Defesa Civil decretou situação de emergência, cujo Decreto assinado em 09 de fevereiro foi homologado nesta segunda-feira, dia 06 de março de 2023 pela prefeitura de Juara, onde decreta situação de emergência nas áreas afetadas pelas chuvas, e terá duração de 180 dias.

Em alguns trechos de estradas na zona rural como na linha dos Quatro Marcos que chegou a ficar até uma semana interditada, onde o bueiro rodou e a estrada se dividiu ao meio.

As fortes chuvas afetaram de forma coletiva a sociedade em geral em grandes partes, produtores, comunidades indígenas, e pode público nos transportes escolar impossibilitando a trafegabilidade dos ônibus escolares.

Segundo o site Climatempo, nesta segunda-feira, dia 06 de março em Juara, a Umidade relativa do ar está em 66%, vento a 06 km por hora probabilidade de chuvas em 90% e pode chover até 25mm. Já na terça-feira, dia 07 também a probabilidade de chuvas em 90% e pode chover até 25mm. Nos dois dias as temperas variam entre mínima de 23 e máxima de 33.

Com relação a estradas na zona rural como na linha dos Quatro Marcos, a administração municipal de Juara já consertou os estragos através da secretaria de transporte e continua trabalhando em busca de soluções para os demais problemas no municipio.

 

Fonte: Radio Tucunaré/ Acesse Noticias /Soan de Barros

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.