PM de Juara: Surto psicótico causado por drogas pode ter levado Jovem a tentar enforcar e quebrar a perna da própria mãe e suicidar-se em seguida.

Na madrugada do dia 23, a Polícia Militar de Juara registrou um boletim de ocorrência detalhando o comportamento agressivo do jovem Wellington Bacanelli , que posteriormente cometeu suicídio enquanto estava detido na delegacia da cidade. O documento, lavrado, relata um incidente de violência doméstica que exigiu intervenção policial imediata.

A Polícia Militar de Juara foi a primeira força de segurança a entrar em contato com o jovem e leva-lo para a Delegacia e assim, evitou que o mesmo assassinasse a própria mãe.

De acordo com o boletim, a guarnição da Polícia Militar foi acionada para comparecer a uma residência localizada na Rua Piracicaba no centro de Juara.
A denúncia indicava uma situação de violência doméstica em andamento. Ao chegar ao local, os policiais foram recebidos por uma senhora, que relatou o comportamento agressivo de seu filho, Wellington.

Segundo a senhora, seu filho chegou em casa embriagado e, de posse de uma faca de mesa, a atacou, causando uma lesão na mão esquerda dela. Em seguida, Wellington a derrubou no chão e tentou enforcá-la com as mãos.

A vítima, que está em recuperação de uma fratura na perna direita, informou que Wellington tentou quebrar novamente a perna dela. Em um esforço para se defender, arranhou seu filho com as unhas, o que resultou em ameaças por parte dele de que, se fosse preso, a mataria assim que saísse da cadeia.

A situação escalou quando os policiais tentaram abordar Wellington. Ele fechou o portão da residência, tentando impedir sua detenção, o que levou a guarnição a arrombar o portão.

Wellington resistiu fisicamente à abordagem, tornando necessário o uso moderado de força e de algemas para contê-lo. Após a detenção, tanto Wellington quanto sua mãe foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Juara.

Infelizmente, a história teve um desfecho trágico. Wellington, ainda transtornado e sob efeito de substâncias, cometeu suicídio dentro da cela da delegacia pouco tempo depois de sua detenção.

O delegado interino Jean, em áudio enviado com exclusividade à Rádio Tucunaré, esclareceu os detalhes do ocorrido, lamentando profundamente a fatalidade.
O caso ressalta a complexidade e os desafios enfrentados pelas forças policiais ao lidar com situações de violência doméstica e indivíduos em estado de vulnerabilidade extrema. As autoridades seguem investigando o incidente para esclarecer todos os detalhes e evitar que tragédias semelhantes ocorram no futuro.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.