Presa suspeita de exploração sexual em Sorriso; mulheres eram obrigadas atender 10 clientes por dia

Uma mulher, de 55 anos, investigada por praticar crime de exploração sexual de mulheres em Sorriso foi presa pela Polícia Civil, esta manhã, durante cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar, decretados pelo juízo da 2ª vara Criminal, por favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual, após investigação da Delegacia de Sorriso.

Nas diligências, a polícia identificou que o bar, no bairro Industrial, funcionava como ponto de prostituição, com vários quartos usados para os programas sexuais, bem como as mulheres que trabalhavam no bar eram obrigadas a consumir bebidas alcoólicas e atender, pelo menos, 10 clientes por dia. Não foi informado o valor de cada programa.

Conforme apurado, a proprietária procurava as mulheres nas redes sociais, fazia promessas de trabalho em Sorriso, pagando as passagens e alimentação da viagem, porém, ao chegarem na cidade eram ameaçadas e trancadas no bar sem poder sair.

Fonte: Só Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.