Mães de várias cidades que visitam seus filhos presos em Juara encontram abrigo gratuito.

A casa de apoio “João Paulo II” de Juara abriga mulheres com algum tipo de necessidade, como as mulheres agredidas com medidas protetivas ou doentes em tratamento e outras situações sociais, mas todas são recebidas e não pagam estadia.

A presidente da associação Nadir de Carvalho conta para a reportagem a Rádio tucunaré, que o maior número de Mães que transitam mensalmente na casa de apoio de Juara são mulheres, que vem visitar suas filhas presas na cadeia pública de Juara.

Todos os meses, nas quartas-feiras, onde acontecem as visitas, várias cidades, como Tangará da Serra, Juruena, Juína e até de Cáceres, comparecem em Juara com a missão de visitar seus filhos presos. São mães tristes com a situação de seus filhos e que não tem como pagar hotel para pernoite.

A casa de apoio de Juara oferece uma alimentação básica com arroz e feijão, mas não conseguem arcar com outras despesas, e essa compra é fornecida em parceria com a prefeitura e por isso, somente oferece somente o básico e não tem uma comida diferente, com frutas e fica a cargo da família de cada um que quiser colaborar.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.