Rádio e TV em Juara pactuam pela não divulgação de casos de suicídio ou tentativa. Medida segue recomendação da OMS.

Em um movimento pioneiro na região, os diretores da Rádio Tucunaré e da TV Amplitude de Juara acordaram pela não divulgação de casos de tentativa ou concretização de suicídios.

A iniciativa tem como objetivo seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para abordar esse delicado tema de saúde pública com responsabilidade.

O pacto é uma resposta às diretrizes contidas no Manual para Profissionais da Mídia, publicado pela OMS, que aconselha a mídia sobre os prejuízo que podem promover ao relatar casos de suicídio, pois a divulgação pode fomentar comportamentos suicidas.

A divulgação de tentativa de suicídio ou caso concreto, que sempre causa impacto, pode despertar interesse em pessoas em estado depressivo, que pensam no suicídio como forma de deixar sua dor marcada na sociedade.

Entidades como o Centro de Valorização da Vida (CVV) reforçam que o suicídio é um problema de saúde pública que necessita de abordagens cuidadosas e bem informadas por parte dos meios de comunicação.

Este acordo não é apenas um passo adiante na promoção da saúde mental em nossa comunidade, mas também reforça o papel do jornalismo responsável em informar o público”, disse o diretor da Rádio Tucunaré.

O Projeto de Lei 1970/23 define diretrizes para cobertura jornalística de casos de suicídio e de tentativas de suicídio com o objetivo de desencorajar a prática e evitar sua glamorização. Em análise na Câmara dos Deputados, o texto altera a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio (Lei 13.819/19).

O autor da proposta, deputado Fábio Macedo (Pode-MA), afirma que se inspirou no documento intitulado Prevenção do Suicídio: um Manual para Profissionais da Mídia, da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A divulgação de informações jornalísticas sobre casos de suicídio e de tentativa de suicídio pode prevenir novas tragédias. No entanto, coberturas sensacionalistas, inapropriadas ou descuidadas podem ter efeitos deletérios na saúde mental de indivíduos vulneráveis, inclusive instigando outros suicídios”, justifica.

O projeto de Lei prevê multa aos veículos de informação que divulgarem suicídios ou tentativa.

Este pacto reitera o compromisso da Rádio Tucunaré e do Grupo Amplitude em fornecer informações de qualidade e praticidade pública a seus ouvintes e telespectadores, sempre pautados pela ética e pela responsabilidade social.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.