Comunidade de Inteligência de Mato Grosso realiza entrega de Diagnóstico do Crime Organizado de Base Prisional

Assessoria | Sesp-MT

Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e a Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp/MT) realizaram a entrega do “Diagnóstico do Crime Organizado de Base Prisional em Mato Grosso”, em solenidade realizada nesta quarta-feira – 19 de junho – na 13a Brigada de Infantaria Motorizada, em Cuiabá/MT.

O documento é resultado de um esforço conjunto de unidades de Inteligência e outros órgãos associados à temática do crime organizado, federais e estaduais, como Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Ministério Público, Secretaria Nacional de Políticas Penais, Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária, Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso.

Foram analisados aspectos de segurança pública do estado, atuação das organizações criminosas, estrutura e peculiaridades do sistema prisional e dinâmica do narcotráfico na região de fronteira com a Bolívia. Além disso, foram apresentadas as ações de enfrentamento ao crime organizado implementadas no estado.

O diagnóstico busca prover consciência situacional e visão sistêmica da atuação de organizações criminosas no estado de Mato Grosso para autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário. O objetivo é apoiar processos de elaboração e implementação de políticas públicas e de ações que visem à proteção da sociedade.

O diretor-geral da ABIN, Luiz Fernando Corrêa, afirmou que a Agência, como órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin), não tem o objetivo de ser protagonista, mas de atuar como facilitadora num ambiente democrático de cooperação “para que todos produzam e o conhecimento chegue tempestivamente”.

rov
O secretário de Estado de Segurança Pública de MT e o diretor-geral da ABIN

O secretário de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso o coronel da Polícia Militar César Roveri, destacou a relevância da iniciativa conjunta. “Precisamos de uma estratégia urgente para fazer esse enfrentamento”, afirmou.

O comandante da 13a Brigada de Infantaria Motorizada, general Kurt Everton Werberich, completou: “a integração gerencial, operacional e tática também precisam de integração de Inteligência. Sabemos o valor da informação”.

Também estavam presentes na solenidade o secretario-adjunto de Inteligência da SESP-MT, Valter Furtado Filho; a diretora de Inteligência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Nádia Zilloti; o diretor-adjunto da ABIN, Marco Cepik; o superintendente da ABIN em Mato Grosso, Felipe Midon; entre outras autoridades.

A integração entre os órgãos busca fortalecer o Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin) e o Sistema Único de Segurança Pública (Susp).

Fonte: Gov Casa Civil

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.