Edição do Kalunga 2022 reuniu mais de 800 participantes na Praça dos Colonizadores em Juara

Encerrou neste final de semana, a 9ª edição do Kalunga 2022 que foi realizado na Praça dos Colonizadores em Juara com o tema, “Brasilidade: Resistencia e Identidades ao Rítimo do Tambor”, e a VII Amostra Cientifica e Cultural do Vale do Arinos, que ocorreu nos dias 11 e 12 de novembro.

Segundo a professora, Lisanil Patrocínio coordenadora do evento, as ações foram validas pela Semana Nacional de Ciência e Tecnologia onde falou sobre o Bicentenário da Independência que revela os 200 anos de ciência, tecnologia e Inovação no Brasil.

O evento tradicional em Juara e região reuniu mais 800 participantes de vários municípios, e contou com mestres renovados, além da participação dos povos indígenas de Juara.

Artesões de Juara estiveram expondo suas mercadorias durante os dois dias de realização do evento cultural.

O Kalunga teve exposições de trabalhos das escolas e universidades que ficaram nas tendas, artesanatos indígenas; pinturas corporais; danças indígenas, entre outros.

Um dos momentos marcantes do Kalunga foi a cerimônia de entrega de graduação dos alunos iniciante do projeto Artes e sustentabilidade com temas saberes e fazeres na escola.

Também ficaram parte desse contexto, apresentação da Casa de Umbanda Mãe Maria (Instituto Aruandê), exposição de Documentários dos projetos de Extensão e Cultura, documentário Mestre Bicudo, apresentações dos acadêmicos da UNEMAT, com peça teatral ‘O alto da compadecida’, orientação professor Weverton, conto de história com a professora Ronélia do Nascimento, ‘Um Cordel’, 02 poesias, um Teatro, duas dança afro-brasileira, uma dança indígena do povo Xavante, 02 brincadeiras afro-brasileira.

Professora Lisanil destacou ainda a importância da roda de conversa com apresentação de relatos de experiência das produções da universidade, dos grupos quilombolas, oficina de capoeira com professor Turista de São Paulo, oficina de instrumentação mestre Bicudo Tangara da Serra, pinturas das comunidades indígenas, apresentações culturais das escolas inscritas e exposição das produções artísticas e culturais do Programa de Extensão e Cultura.

Para o professor, Valdeson Portela, popular Modelo que trabalha com atividades de Capoeira há vários anos em Juara, a cerimônia de entrega de graduação dos alunos iniciante do projeto Artes e sustentabilidade com temas saberes e fazeres na escola foi muito marcante, porque alunos que iniciaram em 2007 receberam suas graduações e se emocionaram.

Ele enfatizou ainda que muitos alunos que passaram pelo projeto de Capoeira em Juara se tornaram grandes profissionais e estão atuando em outras cidades da região, e tudo isso se torna gratificante, porque ninguém faz nada sozinho.

“Eu tenho uma grande equipe, e quero deixar aqui meus agradecimentos a todos que se empenharam para que a edição do 9ª Kalunga 2022 fosse realizada com grande sucesso como foi essa aqui, frisou professor Valdeson a se referir sobre todos os organizadores do Kalunga.

Assista abaixo o vídeo das apresentações cedido pelo professor Valdeson:

 

Fonte: Radio Tucunaré/ Acesse Noticias /Soan de Barros

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.