Juara recebe 99 câmeras de vigilância pelo programa ‘Vigia Mais MT’ e licitação deve ser aberta para instalação

Na manhã de hoje, o prefeito de Juara, Carlos Sirena, revelou que a cidade recebeu 99 câmeras de vigilância do Estado, entregues através do programa “Vigia Mais MT”. Em entrevista à Rádio Tucunaré, Sirena afirmou que a prefeitura agora iniciará o processo de licitação para contratar empresas que se encarregarão da instalação dos equipamentos.

O local para a central de imagens, que receberá as transmissões ao vivo das câmeras, ainda está sendo definido pela administração.

Juara está entre os 100 municípios que aderiram ao programa “Vigia Mais MT”, um projeto de segurança criado pelo estado de Mato Grosso em 24 de maio de 2022, por meio da Lei nº 11.766. O programa permite o acesso e a captação de imagens de vigilância e segurança eletrônica, pertencentes a entes públicos ou privados, por meio de uma plataforma operacional centralizada.

O número de câmeras destinadas a cada município foi definido com base em critérios como população, renda per capita e índices criminais. Já a definição dos pontos de instalação das câmeras foi baseada em estudos e análises de dados criminais, além de planos de ações estratégicas elaborados pelos órgãos de segurança pública, Polícia Militar e Polícia Judiciária Civil de Juara.

O prefeito Sirena expressou otimismo com o reforço na segurança. “Essas câmeras vão melhorar significativamente a capacidade de nossos agentes de segurança para prevenir e responder ao crime”, disse. “Estamos gratos ao estado pelo apoio e estamos ansiosos para ver esses dispositivos em ação em nossa cidade.”

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.