Contador Cleber Prado faz um alerta para Quem Deixou de Apresentar a Declaração de Imposto de Renda

O contador Cleber Prado alertou sobre as consequências e os procedimentos necessários para aqueles que não apresentaram a Declaração de Imposto de Renda no prazo, que encerrou em 31 de maio. Em entrevista a Rádio Tucunaré e Acesse Notícias, ele esclareceu os passos a serem seguidos e as penalidades aplicáveis.

Situação do CPF Suspenso: Cleber destacou que, a partir de 1º de junho, a Receita Federal suspende automaticamente o CPF dos contribuintes que estavam obrigados a declarar e não o fizeram. “Isso pode causar diversos problemas, como dificuldades em realizar operações comerciais e bloqueios de cartão de crédito”, explicou. Para regularizar a situação, é necessário apresentar a declaração, sujeita a uma multa mínima de R$ 165,47 ou 20% do imposto devido.

Regularização com Contador de Confiança: Embora seja possível resolver a questão diretamente no site da Receita Federal utilizando a senha GOV, Cleber recomendou buscar a ajuda de um contador de confiança. “O contador está atualizado com a legislação federal e pode evitar problemas futuros ao fazer uma declaração correta”, afirmou.

Importância do CPF: Cleber ressaltou a centralidade do CPF no cotidiano dos cidadãos. “Hoje, o CPF é essencial para praticamente todas as transações, desde compras até a abertura de contas bancárias. A suspensão desse documento pode paralisar a vida financeira da pessoa”, alertou.

Alterações na Legislação: Ele também informou sobre as mudanças nas regras de obrigatoriedade da declaração deste ano. O valor dos imóveis que exige declaração passou de R$ 300 mil para R$ 800 mil. Além disso, rendimentos isentos de até R$ 200 mil agora não obrigam a declaração, um aumento significativo em relação ao limite anterior de R$ 40 mil. Para rendimentos tributáveis, o novo limite é de R$ 31.129,50.

Conclusão: Cleber Prado reforçou a importância de regularizar a situação o quanto antes para evitar maiores complicações. Para mais informações, ele recomendou consultar um contador e acompanhar as atualizações da Receita Federal.

Para aqueles que perderam o prazo, a orientação é clara: procurem ajuda profissional e regularizem suas pendências para retomar a normalidade de suas operações financeiras.

 

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Rádio Tucunaré no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.